Seguindo o relatório de tendências visuais da Adobe para o ano de 2017, nos deparamos com um tema bastante atual e que merece destaque: o poder da fotografia feminina.

Se antes a presença da mulher em fotografias de bancos de imagens se limitava a situações clichês, hoje existe uma grande procura por fotografias de mulheres exercendo cargos de chefia e em outras situações que antes eram retratadas, em sua maioria, somente por homens.

A tendência reflete a necessidade da visão mais amadurecida da sociedade em torno da presença feminina no mercado de trabalho e a quebra de estereótipos.

O olhar feminino

Outra grande tendência é o aumento do número de fotógrafas e produtoras de conteúdo no mercado de trabalho, compartilhando sua visão sobre o mundo.

Um exemplo disso é Casey Meshbesher, que criou o projeto Her Side of the Street, que tem por foco reunir diversas fotografias urbanas sob olhar de diversas fotógrafas.

Fotografia de Birka Wiedmaier

Fotografia de Elisabeth Schuh

Outro projeto que merece destaque é o Women Photograh, criado por Daniella Zalcman. Seu objetivo é promover o trabalho de fotojornalistas mulheres, que são a minoria nesse ramo.

A tendência

E nítida a preocupação dos bancos de imagens em oferecer fotografias que retratem melhor a diversidade que a sociedade possui, e em preencher lacunas em branco.

Se você está trabalhando atualmente em algum projeto que envolva uso de imagens, experimente ir além do óbvio e utilizar fotografias que fujam de clichês e ideias ultrapassadas. Há um potencial enorme nisso. Basta explorar.

Imagens do post e capa via Fotolia.

Guilherme Dantas