in ,

Como aprender a desenhar para melhorar meus projetos de design?

Hoje em dia, quando se fala sobre design gráfico, nem sempre se remete ao ato do desenho manual, por causa da grande quantidade de opções de softwares que podem ser escolhidos pelo profissional. Mas você sabia que aprender a desenhar tem o potencial de mudar sua carreira?

Em sua essência, o design gráfico está diretamente relacionado ao desenho, o que significa que tais habilidades manuais são um diferencial e tanto para quem quer ser bem-sucedido na área (leia-se todos que atuam nela).

Vamos entender melhor qual é a relação entre essas duas vertentes e como você pode melhorar sua habilidade com lápis e papel para que ela se aproxime ao máximo da apresentada com mouse, teclado e arquivo em branco.

Como aprender a desenhar pode fazer a diferença para designers?

Uma das traduções literais de “design” é desenho. A diferença é que boa parte das atividades da área são feitas hoje com o auxílio de ferramentas digitais, as quais são muito úteis, sem dúvidas, mas não desmerecem as origens do design.

Algumas das definições de design são as seguintes:

  • “O design é planejar, ordenar, relacionar e controlar.” Emil Ruder, tipógrafo suíço (1914 – 1970).
  • “Design é conceber cursos de ação destinados a mudar situações existentes em suas preferidas.” Herbert Simon, economista agraciado com o Prêmio de Ciências Econômicas em Memória de Alfred Nobel.

Outra definição interessante é a seguinte, do designer inglês John Heskett, que será descrita em inglês com parênteses para explicação e, posteriormente, traduzida livremente para o português:

  • Design (a general concept, policy) is to design (an activity) the design (a plan or intention) of a design (a finished outcome, a product)”.

Ela diz que design (conceito geral, político) é desenhar (uma atividade) o design (um plano ou intenção) de um design (resultado final, produto). Interessante, não?

Essas definições foram mostradas para deixar claro como aprender a desenhar está diretamente relacionado com o design gráfico, já que todas elas podem ser usadas tanto para descrever o trabalho manual quanto o digital, realizado com o auxílio de softwares.

Como aprender a desenhar do zero?

Este é um procedimento complicado, que envolve técnicas, conhecimentos e práticas, mas que pode ser aprendido caso se esforce, e o lado bom é que você já conhece muitas dessas coisas, mesmo sem ter parado para pensar no assunto!

Confira um passo a passo simples que pode ser seguido:

Comece a praticar

A prática leva à perfeição. Portanto, o primeiro passo é desenhar coisas simples, como formas geométricas.

Tente desenhar um quadrado, um círculo ou um triângulo da melhor forma possível. Ao fazer isso, você perceberá que quanto maiores forem as linhas, mais difícil é desenhar com precisão, e aí é possível usar um hack prático: fazer linhas menores para atingir os mesmos formatos.

O funcionamento é similar ao dos jogos de ligar pontos que fizeram parte da nossa infância: comece com trechos menores e depois interligue-os com o lápis. Praticamente não há como aprender a desenhar sozinho e já começar “perfeito”, então acostume-se com a prática.

Crie figuras com as formas geométricas

Praticamente tudo pode ser desenhado com formas geométricas, desde uma flor até uma máquina de lavar, desde um uma televisão a um estádio de futebol. O segredo é usar as formas geométricas da maneira certa.

O processo criativo no design também se aplica aqui. Seja imaginativo e pense o que pode ser criado com formas simples. Depois, aumente a complexidade gradativamente e você perceberá que o desempenho estará cada vez melhor.

A junção de formas geométricas simples pode trazer resultados surpreendentes, acredite.

Enquanto isso, os conhecimentos sobre como aprender a desenhar estarão sendo arraigados em sua mente.

Comece a desenvolver seu estilo de desenho

Tenha em mente que o processo de como aprender a desenhar do zero é gradual e pode ser comparado com o da escrita. Se você parar para pensar, as letras não eram escritas no início do aprendizado, mas sim desenhadas de acordo com o que era solicitado pelo professor.

Então, depois de entender como “desenhar” cada letra, você passou a escrevê-las com seu estilo.

É por isso que cada pessoa tem sua própria caligrafia, mesmo quando escrevem da mesma maneira (letra de mão ou de forma, por exemplo).

Conforme você desenvolve a habilidade de desenhar, perceberá aos poucos o desenvolvimento de seu próprio estilo, que é diferente de todas as pessoas do mundo, ou seja, suas obras são únicas!

Ter ciência disso pode ajudar bastante a melhorar as habilidades de desenho.

Veja também: 7 coisas que você faz e podem ser a causa do bloqueio criativo (e como evitá-las)

Meça as proporções

A proporção é um dos pilares do design, e não há como aprender a desenhar do zero e masterizar tais técnicas se as proporções não forem seguidas com cautela.

Teoricamente, elas definem a distância de um elemento em relação aos outros. Isso quer dizer que se um desenho precisar ter o dobro do tamanho do outro, todas as distâncias também precisam ser dobradas.

Para iniciar, desenhe duas figuras aleatórias com uma determinada distância e tente, depois, redesenhá-las, mas agora com a metade do tamanho e também metade da proporção.

Por exemplo, no caso de dois círculos de tamanhos diferentes e que se localizam em distância diagonal entre eles, veja quantos círculos cabem entre ambos no primeiro esboço e divida por dois no segundo esboço. Os círculos também devem ter metade do tamanho dos círculos originais.

Tente melhorar o processo gradativamente até conseguir entender e aplicar como o conceito funciona, o que trará grandes melhorias ao processo de como aprender a desenhar sozinho.

Deixe sua mão livre

É normal sentir que a mão fica travada quando se está aprendendo a desenhar. Até mesmo duas linhas paralelas ficam diferentes entre si. Se isso acontecer, fique tranquilo, pois dá para resolver.

A “dureza” nas mãos pode ser um reflexo da concentração em não errar e na tentativa de ser preciso demais. É importante se dar a oportunidade de falhar de vez em quando, o que é normal até mesmo para artistas com mais experiência.

Um bom treinamento para melhorar é começar a desenhar cobras de diferentes tamanhos. Faça outro conjunto de círculos, dessa vez na horizontal, com o primeiro maior e os outros decrescentes, até que o menor seja tão pequeno quanto um ponto final. Então, é só conectar as pontas dos círculos que você terá uma cobra simples.

O próximo passo é desenhar a mesma série de círculos, mas agora com suas posições diferentes na vertical. Conecte-as novamente.

Por fim, aumente os espaços entre os círculos e conecte as linhas mais uma vez. Continue o processo para desenvolver a leveza e a naturalidade nas mãos e, assim, ter a suavidade necessária para desenhar bem.

Analise os desenhos de uma forma mais técnica

Se você parar para pensar, os desenhos são feitos de matrizes, com linhas, pontos e formas geométricas conectadas. Ao analisar os desenhos dessa forma, o processo de como aprender a desenhar será bastante otimizado.

Por exemplo, para desenhar um carro, você pode desenhar uma matriz ao redor do objeto. Assim, é possível compreender onde os pontos se conectam e o que pertence a cada um dos pequenos quadrados.

Isso também se aplica a qualquer outro objeto, formato ou desenho, que pode ser analisado dessa forma para facilitar a reprodução e, posteriormente, a criação de obras da sua própria cabeça.

Essa parte técnica pertence ao projeto de como aprender a desenhar e, a partir do momento que estiver arraigada em sua mente, os resultados tendem a melhorar cada vez mais.

Torne-se um mestre do desenho!

No processo criativo, é de suma importância ter conhecimentos em desenho manual, mesmo que seja apenas dos fundamentos, já que boa parte dos projetos precisam ter pelo menos uma parte rascunhada em papel, o que exige um certo nível de habilidade.

Ao praticar diariamente, você perceberá que a qualidade dos desenhos melhorará bastante, o que por sua vez impactará positivamente no que é apresentado aos seus clientes e pode te colocar em um patamar diferenciado no mercado.

Além de passar pelo processo de como aprender a desenhar sozinho, é preciso também contar com os melhores recursos gráficos para entregar projetos de alta qualidade, como imagens, vetores e vídeos, os quais podem ser encontrados na iStock, banco de imagens profissional com milhões de opções para o que precisa.

O passo a passo de como aprender a desenhar será muito recompensador para sua carreira, e ao aliá-lo com conteúdos gráficos profissionais, a qualidade só tem a aumentar. Por isso, cadastre-se gratuitamente na iStock e seja capaz de entregar projetos ainda melhores!

Escrito por Guilherme Dantas

Fundador do Designerd, empreendedor digital, apaixonado por criatividade, carros, finanças pessoais e cinema. Arranhador profissional de violão nas horas vagas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…