O que vou falar agora, não é novidade: muitas coisas do nosso dia a dia têm influência norte-americana. Palavras, comidas, estilo de vida, moda… tudo tem uma pontinha dos Estados Unidos. É claro que o marketing é um dos grandes responsáveis por isso.

Várias metodologias usadas no estudo de mercado, comuns no cotidiano dos marqueteiros, têm seus nomes em inglês. A 5W2H é o exemplo de hoje. Vamos esmiuçar?

5W: What (o quê), When (quando), Where (onde), Why (por quê) e Who (quem).
2H: How (como) e How much (quanto).

Nas etapas do planejamento estratégico é indispensável que todas estas informações estejam claras, para evitar distorções. Após definido o que será feito já devemos saber quem vai executar, em quanto tempo, onde (ou qual departamento) serão realizadas as atividades e, claro, o porquê fazer o que foi proposto. Coadunado a tudo isso, precisamos saber o como fazer e quanto custará todo o processo.

Um exemplo mais claro: Imagine uma agência. O atendimento acabou de chegar com um projeto de reformulação da identidade visual de uma importante empresa. Se o briefing responder todas as questões da matriz, com mais detalhes que o exemplo a baixo, é claro, ele estará completo.

Exemplo:

What (o quê) Reformulação da identidade visual do cliente X.
When (quando/ data de entrega) 25 de novembro de 2016.
Where (onde/ departamentos) Departamento de planejamento e criação
Who (quem) Pedro, Tiago e João
Why (por quê) O cliente vai passar por um reposicionamento de mercado e precisa de nova identidade visual.
How (como) Através de um logo mais moderno e comunicação integrada eficiente.
How much (quanto) Valor combinado entre o cliente e a agência.

Viu? Não existem segredos para aplicar a matriz 5W2H em seus projetos! Faça bom uso.

Imagem de capa via Shutterstock

Pamela Afonso