in ,

Marketing e Design: como integrar as disciplinas para potencializar os resultados

Muito se tem falado sobre Marketing Digital e sua influência no mercado e na comunicação. Os principais impactos atingem comunicólogos que passaram pela transição do Marketing tradicional para o Marketing digital.

E uma discussão que precisa estar vigente nas comunidades de Design é sobre o papel do designer na atualidade, levando em consideração o crescimento exponencial da popularidade das mídias digitais.

Eu, Éricles, acredito piamente na integração dessas duas disciplinas, pois aproveitamos estratégias e objetivos do Marketing, aplicando o pensamento sistêmico do Design para potencializar os resultados.

Neste artigo vou te contextualizar sobre o Marketing-Design, a importância de estudar as disciplinas tendo em vista a complementaridade do conhecimento, e por fim, como podemos integrá-las.

O que é Marketing?

Marketing é a arte de atrair e reter clientes através de objetivos que envolvem, sobretudo, vender, fidelizar, gerar valor e aumentar a competitividade.

Já quando falamos de marketing digital, todos esses objetivos podem ser escaláveis, dado que, da população mundial, cerca de 3,9 bilhões de pessoas tem acesso à internet.

E além de escalável, é possível direcionar a comunicação por meio de plataformas como Facebook e Google, que segmentam o público não somente por gênero e idade, mas também por comportamentos e gostos.

O que é Design?

Design é definido como projeto. Talvez um pouco mais quando expandimos nossa visão para observar como o Design impacta o mundo. Design é organização, planejamento, realização e forma de pensar.

O Design como forma de pensar é o viés mais poderoso que podemos observar, pois temos a solução de problemas como seu principal pilar. Contudo, a disciplina se popularizou relacionando-se à soluções visuais.

Segundo pesquisas, 90% das informações assimiladas pelo cérebro são visuais, e aproveitando isso, designers propõem soluções para as demandas visuais do dia-a-dia, como sinalizar, comunicar e diferenciar.

Dado isso, a principal características de um bom designer é conhecimento estético-funcional, pois agora olhamos para um problema visando resolvê-lo da melhor forma (eficiência) apresentando a aparência mais agradável.

Então, os principais objetivos do Design, enquanto visual, é transmitir valores, criar uma identidade e melhorar a comunicação.

Por que é importante estudar Marketing e Design

Um designer mais experiente entende que sua profissão exige muito contato com outras disciplinas, e contato com outros assuntos expõe o designer a outras formas de pensar, comunicar e agir.

Um erro que observo em muitos designers é o estudo restrito a assuntos de Design. Se estamos falando de uma área naturalmente multidisciplinar, o maior fruto de conhecimento é exposição a diferentes problemas, exercitando o cérebro a encontrar novas soluções.

E falando especificamente da integração Marketing-Design, o profissional que compreende conceitos das duas disciplinas sai ganhando no cumprimento dos objetivos do Marketing utilizando o Design como ferramenta.

Outro item que ressalta a importância da integração Marketing-Design é a geração de valor. No Design pensamos em entrega de valor visando a proposta de solução mais eficiente e coerente possível, enquanto no Marketing pensamos em geração de valor com foco no mercado e produto, ressaltando seus aspectos positivos.

Se o marketing por si já possibilita vantagem competitiva a uma marca, alinhada ao Design, essa vantagem competitiva só aumenta. Aliás, falei acima sobre a capacidade doDesign de transmitir valor, e esse valor que estimula o crescimento de uma marca.

Além desses pontos, o Marketing-Design ajudar a reter a atenção do público por meio de soluções visuais agradáveis e estrategicamente alinhadas à algum objetivo, direciona as decisões de Design a partir da análise do público e avaliação de necessidades, melhorando o desempenho da comunicação.

Como eles trabalham juntos

Agora, de forma prática, vamos discutir como que o Design e o Marketing conseguem trabalhar juntos em prol das soluções mais adequadas para um negócio.

No dia-a-dia de designers de agências, existe um forte contato com as ferramentas de Marketing, seja ela posts para redes sociais, sites, blogs ou e-mail marketing.

Para que cada um desses itens tenha uma boa performance, o designer precisa ter conhecimento sobre o objetivo de determinada campanha, analisando o público e avaliando as necessidades.

O pote de ouro do Marketing, sobretudo o marketing digital, é a atenção, e com mensagens visuais mais agradáveis e que conversam diretamente com o público, é possível aumentar as taxas de cliques, acesso ou até identificação com determinada marca.

Um designer que entende de Marketing tende a ser mais efetivo no seu trabalho, seja ele empregado ou autônomo.

Conclusão

Reconheço que essa proposta de alinhamento Marketing-design é nova e que muitas pessoas fazem isso inconscientemente.

Mas para ajudar novos designers, resolvi estruturar o que sei sobre marketing, imprimindo minha paixão pelo Design, e minha visão sobre onde ele pode ser melhor aproveitado.

Seja para melhorar o desempenho de campanhas, reter a atenção ou transmitir valores, o Design precisa sempre estar imbuído de estratégia, que no final das contas dá um propósito à atividade.

Éricles Batista

Escrito por Éricles Batista

Designer de marcas e empreendedor digital apaixonado por Matemática, música, processos e cozinha. 90% dedicado e 40% chato segundo sua namorada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…