in , ,

Como aprender a desenhar? 10 dicas para você colocar em prática hoje

Ao observar belas ilustrações em sua frente, você já sentiu aquela ponta de inveja e se perguntou como aprender a desenhar bem, mesmo com pouca ou nenhuma experiência?

Afinal, se aquele artista consegue criar belos desenhos, com seu próprio estilo e técnica, na teoria qualquer pessoa conseguiria aprender também, certo?

Talvez você se surpreenda em saber que sim, qualquer pessoa pode aprender a desenhar. Porém, já adianto que esse não é um processo simples. Exige muita dedicação e paciência.

Sendo assim, selecionei 10 dicas para quem deseja dar os primeiros passos e aprender a desenhar.

Se você tem vontade, confira:

1) Comece pelo básico

Desenho de um robô feito com formas básicas

Pode parecer óbvio, mas por causa da ansiedade de aprender a desenhar de uma só vez, muitos acabam ignorando conceitos básicos.

Por isso, tenha paciência e dedique alguns dias para aprender o básico no desenho como por exemplo:polígonos, formas básicas, proporções corretas, desenho de observação, etc.

2) Compre um sketchbook

Um sketchbook aberto, em branco, com um lápis em cima

O que você faz quando está no ônibus ou metrô, em uma sala de espera ou em um domingo chuvoso em casa? Se você quer aprender a desenhar, a resposta à maioria dessas perguntas deverá ser: “eu rabisco no meu sketchbook“.

Se formos traduzir ao pé da letra, sketchbook significa livro de rascunhos (ou esboços). E é pra isso mesmo que ele serve: pra você rascunhar à vontade.

Não tente fazer o desenho perfeito, nem perca muito tempo nos detalhes. Ter sempre um sketchbook ao alcance da mão vai fazer você subir muitos degraus nessa jornada. O que nos leva ao terceiro passo…

3) Comece a praticar. Muito!

A mão de uma pessoa desenhando uma ilustração florida com vários detalhes

De que adianta ter o melhor sketchbook do mercado se ele fica jogado em um canto do seu quarto? O segredo para se tornar um desenhista de respeito é a prática. Por isso, pratique muito!

Lembre-se que praticar é um hábito. E, como todo hábito, é preciso tempo para que ele fique enraizado em seu cérebro.

Muitos começam bem, mas logo acabam deixando a prática de lado, porque se distraem com outras atividades. Por isso, preste muita atenção à próxima dica:

4) Aprenda a ter disciplina

Um relógio desenhado em giz em uma lousa escura

Por mais que você goste de desenhar, vai chegar uma hora em que o futebol, o video-game ou aquela série na Netflix vai te fazer deixar a prática de lado. Muito cuidado com isso!

Você precisa montar uma rotina de treino, de pelo menos 30 minutos ao dia. É muito melhor você praticar desenho por um curto período, mas todos os dias, do que fazer uma super maratona de várias horas, mas apenas uma vez ao mês.

A cada desenho praticado você começará a melhorar suas técnicas e definir seu estilo. Por isso, mesmo que você seja preguiçoso ou goste de empurrar as coisas com a barriga, lute para manter uma rotina. Sem disciplina você não conseguirá atingir seus objetivos.

5) Use o material que você tem no momento

Vários lápis de cor dentro de um pote vistos de cima

Não fique esperando aquele lápis ou aquela caneta dos sonhos para só então começar a desenhar.

Lembre-se que até mesmo uma simples caneta esferográfica pode ser o suficiente para você treinar.

Lembra-se do artista Johannes Siemensmeyer que faz belos desenhos utilizando somente canetas tradicionais como material de trabalho?

6) Não desenhe sempre as mesmas coisas

Um homem visto de cima, com um sketchbook na mão, desenhando uma figura

É ótimo ter um estilo próprio, mas não foque somente nisso. Se você gosta de desenhar pessoas, treine também desenhando cenários.

Se você é fã de animes e curte desenhar mangás, experimente também desenhar outro estilo bem diferente do que está acostumado, como doodles, por exemplo.

Não se feche somente para seu mundo. Um bom desenhista está aberto para conhecer e testar novas técnicas e, inclusive, novas temáticas.

E falando em temática…

7) Experimente criar séries

Sketchbook aberto com vários desenhos sobre o tema alimentos

Está sem ideias sobre o que desenhar? Que tal criar uma série específica para guiar seus desenhos?

Por exemplo, a artista russa Polly desenhou uma série de ilustrações onde retratou os personagens de Bob Esponja com características humanas. E o ilustrador Aaron Zenz fez uma série onde recria diversos monstros desenhados por crianças.

Você pode seguir a mesma linha e pensar em uma temática específica para fazer seus desenhos.

Isso vai criar uma expectativa saudável em ver a série completa e te fazer ter vontade de desenhar mais.

8) Não tenha medo de usar referências

Sketchbook aberto com vários lápis de cor em cima e uma ilustração de duas crianças correndo

Quer desenhar uma girafa e não sabe por onde começar? Vá pelo óbvio: procure por “girafa” no Google Imagens e utilize as fotografias como referências para seu desenho. Não tenha medo de errar.

Isso vai fazer você ter familiaridade com aquilo que está sendo desenhado, para futuramente você melhorar sua técnica.

Você também pode treinar seus desenhos com referências de outros artistas.

Estude como aquele artista utiliza determinada técnica e tente reproduzi-la em seus próprios desenhos. Você vai se surpreender com as coisas que você conseguirá descobrir dessa forma.

9) Treine no tradicional e no digital

Um homem tatuado utilizando uma mesa digitalizadora em frente a um notebook

Se você quiser fazer do desenho sua profissão, é interessante dominar os dois universos: o tradicional (papel e caneta) e o digital (softwares vetoriais e de edições de imagens, como Illustrator e Photoshop).

Se você seguiu à risca o passo número 4 e conseguiu ter disciplina, não será muito difícil reservar algumas horas na semana para aprender a trabalhar com esses softwares.

Mais pra frente, você talvez queira aprender a como utilizar uma mesa digitalizadora, para desenhar diretamente no computador, como se estivesse desenhando em uma folha de papel.

Mais uma vez, o segredo é treinar bastante, para dominar técnicas tanto no tradicional quanto no digital.

10) Invista em cursos

Uma mulher segurando um lápis em cima de um caderno, observando em segundo plano um notebook

É possível aprender sozinho? Sim, absolutamente. Existem muitos ótimos artistas que aprenderam a desenhar do zero, sem nunca terem feito um único curso de desenho.

Porém, a gente vive em um mundo onde as coisas acontecem rapidamente e não podemos desperdiçar nosso maior ativo: o tempo.

Lembre-se que você já vai precisar gastar muito tempo praticando. Isso é inevitável. Se você somar isso com o tempo gasto tentando aprender sozinho as primeiras técnicas e vasculhando a internet em busca de material de qualidade, irá dobrar ou talvez triplicar o tempo que gastaria no processo todo.

O resultado? Com muita persistência você vai chegar lá. Mas vai chegar atrasado.

A boa notícia é que, se antes para fazer um curso de desenho você precisava procurar em sua cidade, hoje as coisas estão bem diferentes.

Você consegue aprender a desenhar do zero sem sair de casa. Basta apenas um computador com acesso a internet.

Como aprender a desenhar do zero?

Logotipo do curso Como Desenhar

Um curso fantástico que aborda todos os conceitos de desenho, desde o zero, é o curso Como Desenhar.

Seu instrutor, o Thiago Spyked, é desenhista, quadrinista e professor de artes e tem um canal no YouTube com mais de 250 mil inscritos, onde posta regularmente sobre dicas para quem quer entrar na área.

Em uma rápida pesquisas em cursos de desenhos presenciais, eu me deparei com alguns valores que variam entre R$ 270,00 e R$ 750,00… por mês.

Quem está começando muitas vezes não dispõe desse valor. É por isso que o ensino à distância quebra barreiras e permite que qualquer um tenha acesso a conteúdo de qualidade!

Por exemplo, o curso Como Desenhar, do Thiago Spyked consegue ser bem mais barato que os cursos presenciais de desenho, tornando esse conhecimento ainda mais acessível.

Quanto custa um curso de desenho online?

Você vai conseguir aprender a desenhar do zero dedicando de 30 minutos a 1 hora por dia, pelo valor de R$ 47,00 por mês, em 12 vezes.

É menos de R$ 1,60 por dia para você parar de perder tempo procurando conteúdo de qualidade na internet. Lá você vai aprender de um modo organizado, lógico, que vai te fazer subir vários níveis em pouco tempo.

Resumindo tudo isso, você tem duas opções:

Opção A: Você decide investir em um curso online de desenho. Você economiza tempo porque o conteúdo já está organizado para você aproveitar ao máximo e aprender de maneira rápida. Você tem mais tempo para praticar e suas habilidades aumentam bastante em pouco tempo.

Opção B: Você continua do jeito que tá. Talvez ache melhor aprender sozinho, na base do acerto e erro. Se esse for o caso, boa sorte. Como disse antes, com bastante persistência você também vai chegar lá. Mas vai perder muito mais tempo (o dobro ou o triplo) no meio do processo, e com certeza vai chegar bem atrás daqueles que escolheram a opção A.

Será que funciona mesmo?

Se você nunca fez um curso online antes, talvez esteja perguntando se realmente funciona. Você está certo em perguntar isso.

Por isso que o curso Como Desenhar te dá a garantia incondicional de 7 dias, que devolve 100% do valor investido caso você não goste do conteúdo. Essa é uma cláusula padrão em cursos online.

Você pode testar o conteúdo e provar para você mesmo que o curso tem qualidade. Se em até 7 dias você não gostar, basta solicitar o valor investido de volta, sem precisar explicar o por quê.

Mas, tenho certeza que você vai gostar do conteúdo, afinal, os mais de 250 mil inscritos no canal do YouTube do Thiago Spyked provam que seu material tem qualidade.

Clique no botão abaixo para testar o curso Como Desenhar por 7 dias e sair na frente de muitos que estão sofrendo tentando aprender técnicas por conta própria:

Quero aprender a desenhar de verdade!

Confira o conteúdo do curso:

Primeiros-passos

  • Cilindros, Cones e Proporções
  • Irregulares e Proporções
  • O Desenho de Observação

Luz e Sombra

  • Graduações, Luz e Contraluz
  • Texturas e Detalhamento
  • Elementos da Natureza

Anatomia Humana

  • Cabeça e Rosto
  • Rotação da Cabeça e Cabelos
  • Mãos
  • Pés
  • Corpo de Homem e de Mulher
  • Torso e Braço
  • Quadril e Pernas
  • Posições e Construções
  • Movimentação e Dinamismo
  • Angulações no Corpo

Desenho Digital

  • Apresentando o Photoshop
  • Entendendo e Criando Brushes
  • Desenhando com Linhas
  • Dando Volume Para o Desenho
  • Luz e Sombra
  • Como Planejar uma Composição
  • Desenhando com Manchas
  • Aplicando as Cores
  • Miniatura e Velocidade
  • Criando Materiais
  • Acabamento e Efeitos
  • Técnicas para Criar Personagens

Perspectiva

  • Um Ponto de Fuga
  • Proporções Corretas com um Ponto de Fuga
  • Dois Pontos de Fuga
  • A Malha Estrutural
  • Três Pontos de Fuga
  • Círculos, Macetes e Quatro Pontos de Fuga
  • Cinco Pontos de Fuga
  • Aplicação no Dia a Dia

Quero aprender a desenhar de verdade!

Além disso, o curso também conta com 5 bônus que vão responder as seguintes perguntas:

  • Faculdade para ser desenhista é necessário?
  • Quando e onde começar a trabalhar com desenho?
  • Onde comprar materiais de desenho?
  • Em que áreas o desenhista pode atuar
  • Quanto cobrar pelos seus desenhos?

Você pode adquirir o curso hoje, amanhã ou no mês que vem. Tudo depende do quão determinado você está para tornar realidade seu sonho de aprender a desenhar.

Bons estudos!

Escrito por Guilherme Dantas

Fundador do Designerd, empreendedor digital, apaixonado por design, marketing digital, carros, cinema, astronomia e física quântica. Arranhador profissional de violão nas horas vagas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…