in

O game design e o atual cenário da indústria de jogos

E aí pessoal tudo bem? Eu estava meio sumido aqui do blog desde o Confred mas foi devido ao grande trabalho que rendeu mesmo depois de encerrar. De qualquer forma estou de volta com mais um artigo abordando um dos temas que mais gosto, o design de games.

Aliás estava com saudade de falar de game design aqui no blog e já adianto para o pessoal que curte os artigos desse tema que já estou preparando novos artigos, fiquem no aguardo.

Hoje gostaria de falar um pouco sobre a importância do design para o crescimento da industria dos games uma vez que hoje em dia essa indústria tomou proporções gigantescas e que jamais foram imaginadas em seus primórdios.

01

Quem acompanha ou conhece a evolução dos jogos de vídeo game sabe que o design nem sempre foi o ponto forte de um jogo eletrônico, porém nos dias atuais o design projetado para um jogo é um elemento fundamental.

Os benefícios dos jogos são muitos, fazem melhorar o raciocínio, ajudam na educação e criam simuladores para treinamento além do mais, os jogos eletrônicos propiciam diversão sem igual para as pessoas. Além disso, a indústria dos jogos é uma das maiores do mundo, superando inclusive indústria bilionária do cinema em arrecadação, e claro, continua em expansão com o uso massificado de smartphones e tablets.

Os jogos também estão chegando a patamares impossíveis de se pensar a alguns anos atrás, já conseguem, além de imitar a realidade, simular aspectos mais perfeitos que a própria realidade em si, além de prover novas interatividades e pode ser usando para diversos meios, e não apenas como diversão.

2886283-14_cammy_vtrigger

O sucesso de outras plataformas como o jogo em tablets ou smartphones também ganha cada vez mais adeptos e investimento por parte da indústria, especialmente, após o sucesso de jogos de casino como a roleta online ou o póquer que é o verdadeiro rei deste segmento.

A influência dos jogos eletrônicos na sociedade é enorme. Desde crianças e jovens que conseguem ganhar raciocínio lógico e aprender conceitos teóricos até incitar comportamentos nas pessoas, como, por exemplo, incentivar jogadores para se alistar no exército.

A indústria dos jogos é uma das mais bilionárias do planeta e o videogame é uma das melhores diversões para todas as idades, sendo que os adultos preferem os jogos de casino online, comprovadamente. Além disso, os jogos são melhores do que os filmes por trazer maior interatividade ao usuário.

Um filme é apenas uma imagem em movimento onde o espectador não pode controlar a câmera e muito menos mudar a história do filme ou mesmo interagir diretamente com ele. Mas num jogo, a situação muda completamente.

Os jogos têm tantas possibilidades que, em alguns casos, o jogador pode escolher o final, definir que tipos de missões ele pode fazer e alguns games o jogador pode escolher caminhos.

Além de trazer também desafios complexos onde o jogador deve usar de raciocínio lógico para resolver problemas. O poder de imersão dos videogames e a sequência constante de desafios são tão fortes que podem levar os jogadores ao que os psicólogos chamam de “flow”, ou estado de experiência máxima.

banner para Instagram-02

Dá para ver que a industria de games está em constante crescimento e evolução e é claro que cada vez mais teremos um papel fundamental nesse meio, não estou me referindo apenas ao desenvolvimento e programação do jogo mas sim em toda a cadeia produtiva.

Se você é um designer gráfico já pensou em como utilizar o seu trabalho na indústria dos games? Na construção de personagens, artes conceituais, storyboards, capas e posteres, etc. Se você ainda não pensou em entrar nesse mercado unicamente por que não sabe programar está na hora de rever isso.

Então é isso aí pessoal eu vou ficando por aqui e espero que vocês tenham gostado de mais esse artigo abordando um pouco do universo do game design.

Você já sabe que pode acompanhar o meu trabalho também através das redes sociais, especialmente o meu portfólio no Behance e o meu perfil no Instagram.

Valeu pessoal, eu vou ficando por aqui, abraço e até o próximo post.

Escrito por Rafael Costa

Rafael Costa é designer gráfico freelancer especializado em lettering, ilustração e criação de marcas. É fundador do blog Design Zero Um e do canal no Youtube Corporação Criativa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…