in ,

Designers precisam ou não fazer faculdade? (Responda a pesquisa no final)

Polêmico, né?

Mesmo que pessoas diferentes falem opiniões diferentes sobre esse tema, elas não vão passar de opiniões. Ou seja… A minha é mais uma opinião. No meu caso, tiro minha opinião de minha própria experiência de mercado.

Então vamos aos pontos a serem estudados:

Um curso superior é importante para a formação de designers?

Sim.

Ter uma formação superior tem uma grande importância na formação de qualquer profissional. Alguns mais do que outros. Acredito que muito disso esteja relacionado a quantidade de carga teórica necessária para executar a profissão.

Por exemplo na faculdade de Direito, apesar da prática ser o que leva a perfeição, sem todos os anos de estudo aprofundado na teoria base das leis do país, para nada serviria a prática dos advogados e juízes.

Para designers, em uma proporção diferente, temos suas semelhanças. Porque nas faculdades de comunicação, artes e alguns nichos de tecnologia, será onde teremos o conhecimento teórico que, muitas vezes inconscientes e enraizados em nossas mentes depois de aprendidos, iremos aplica-los em todos nossos projetos, criando peças muito mais completas e cheias de referências.

Para todas as áreas, um elemento que faz com que qualquer faculdade seja importante é a possibilidade de um estágio. Estágios são apenas para pessoas que estejam cursando faculdade ou pós. O aprendizado no estágio pode ser o que vai valer a pena a faculdade inteira. Tanto por praticar o que você viu na teoria como também aprender muitas coisas novas.

Qual curso fazer? Humanas ou Exatas?

Hoje você encontra diversas faculdades que ofertam cursos com a palavra “design” no meio, facilitando a escolha dos alunos que queiram seguir nessa área. Mas nem sempre foi assim.

Cursos mais tradicionais como Publicidade e Propaganda, Marketing, Jornalismo, Artes Visuais, entre outros, sempre foram legítimos produtores de designers.

Mas eram 4 ou 5 anos de curso com matérias que abrangiam um universo amplo e muitas vezes sem uma real necessidade de um designer. Não que ele nunca iria utilizar, mas muitas questões ali o futuro designer aprenderia durante sua vivência profissional.

Todos os cursos mais tradicionais que comentei são considerados cursos da área de Humanas. Mas muitas instituições colocam o Design como um curso de Exatas. Acho isso curioso, mas não de todo errado.

Apesar de estarmos muito mais relacionados à comunicação e arte, a tecnologia é um elemento fortemente presente em tudo que fazemos, cada ferramenta que utilizamos. Por isso podemos dizer que Design é um dos cursos “híbridos”, que muitas faculdades tem dificuldade de catalogar. Principalmente quando vamos para áreas do design em que utilizam menos arte e ilustração e mais ferramentas frias e tecnológicas.

Muitos designers foram formados a partir de cursos como Ciência e Engenharia da Computação. Normalmente encontrando o Desenvolvimento Web como esse ponto de convergência.

Faculdade só ensina teoria?

Não.

A ideia da faculdade é justamente capacitar o profissional para o mercado de trabalho. Apesar que algumas faculdades falham um pouco nisso, todas tem um mínimo de aplicação prática.

Mas estejam cientes que dificilmente você irá aprender as principais ferramentas da maneira que gostaria em uma faculdade. Vai acabar precisando recorrer para materiais extra classe, como cursos livres (online ou presencial), tutoriais e a própria vivência.

Mas afinal… Qual é a a minha opinião?

A faculdade não é o fator primordial da vida profissional de um designer, mas acredito que seja importante para iniciar uma carreira.

Como falei ao início: a faculdade tem sua importância, mas vou sempre enxergar a experiência profissional como sendo muito mais importante.

A faculdade é também um momento de descobertas na vida de qualquer um. Vai ser lá que você vai ter a possibilidade de começar a pensar em que área do Design seguir, já que você terá uma overdose de áreas da criação. Tendo um contato, mesmo que superficial, com elementos do design que você nem sabia que existia.

As empresas superestimam a necessidade de uma faculdade. Isso acontece porque eles não entendem que a nossa profissão é uma das que aprendemos muito mais vivendo do que durante os anos da faculdade. Porque para tudo que um designer olha, ele enxerga como uma referência, uma inspiração, e aprende mais um pouco naquele momento.

Algo bem diferente acontece para profissionais freelancers, onde a faculdade não é lembrada, mas sim os seus trabalhos previamente realizados. Nesse caso, o que pode ser determinante também na sua escolha, é se você quer seguir uma carreira de empregado ou autônomo/empresário.

Existe também a constante briga entre os que apoiam e os que não apoiam a regulamentação da profissão. Não vou falar minha opinião no momento sobre isso, para não prolongar o post. Mas independente da sua opinião, caso a regulamentação aconteça, a faculdade será necessária para qualquer um que queira iniciar na carreira (pois tanto o tempo de experiência como a formação serão levado em conta).

Ou seja… Para muitos a faculdade pode não ser algo muito importante, mas para a maior parte das empresas ainda é. Pelo menos enquanto você for um designer iniciante. Nesse caso, existem cursos de todos os preços, durações e especialidades possíveis. Cabe a você escolher o que for mais próximo da sua necessidade.

E lembre-se sempre… Não importa quantos anos de experiência você tenha e quais cursos você fez, um portfólio bem elaborado vale muito mais que um ótimo currículo.

Queremos saber sua opinião!

Por favor, responda essa rápida pesquisa abaixo:

Se o formulário não aparecer, clique aqui.

Imagem da capa via shutterstock

Escrito por Julian Nunes

Designer e professor nas áreas de computação e editoração gráfica e também apaixonado por cinema, animação, motion e flertando com fotografia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…