in ,

O que é e como usar a metodologia OKR?

OKR é a abreviação para Objectives and Key Results, que, em tradução literal, significa Objetivos e Resultados Chave. Esta metodologia transforma os objetivos da empresa em “cascatas”. Mas como isto funciona? Como implementar a OKR no dia a dia da empresa? Estas e outras perguntas serão respondidas durante este texto.

Vamos lá. Como já é comum em todas as organizações, as decisões macro são tomadas pelos CEO’s e repassadas aos demais departamentos, para que todas as pessoas estejam trabalhando por um objetivo comum e andando na mesma direção. Contudo, as equipes envolvidas, de forma individual, devem traçar métodos, objetivos e estratégias em prol do objetivo comum.

Quer um exemplo? Google. A política interna de OKR de uma das maiores empresas do mundo objetiva atingir resultados e alcançar metas.

A maneira como as equipes irão executar as tarefas não é tão relevante quanto os resultados entregues. Cada equipe pode trabalhar da maneira que considera mais adequada, afinal, nem tudo que funciona para um grupo, dá certo para outro!

Ilustrando melhor:

Mas, para que a metodologia seja eficiente, é preciso entender que ela deve ser parte da cultura da empresa e ajudar a classificar prioridades. Por quê?

A OKR “se instala” na empresa para estruturar o alcance de metas, como já foi dito acima. Mas não se assuste, isto é completamente possível. Foi para mostrar que qualquer empresa, independentemente do tamanho, é capaz de implementar OKR que um grupo de profissionais, dentro do Google, começou a usá-la, quando a empresa tinha apenas um ano de existência e ainda não tinha este nome. Deu certo.

Vamos concretizar tudo isso?

Vou dar dois exemplos.

Exemplo 1: Imagine uma empresa de grande porte. De tempo em tempo (geralmente uma vez por ano) a equipe de planejamento se reúne para analisar resultados anteriores e estabelecer metas futuras. Suponhamos que, em uma determinada reunião, um objetivo macro estipulado foi crescimento de 10% sobre Market Share atual. Para que o objetivo geral seja alcançado cada departamento da empresa deverá atuar em prol de alcançar esse número, por isso a forma de execução não é tão importante quanto o resultado final.

Exemplo 2: Vamos para uma empresa menor, como uma loja de roupas, localizada em um bairro da cidade. A dona da loja deseja abrir a segunda unidade no centro da cidade e, para que isso aconteça, ela precisa que sua equipe trabalhe forte para aumentar a receita e, por isso, divide tarefas diferentes para cada pessoa, com o objetivo de atingir a mesma meta.

Resumindo

OKRs são o conjunto de objetivos interligados de uma organização e que serão alcançados tanto de maneira individual, quanto coletiva. Esta metodologia ajuda a organizar e distribuir melhor as prioridades da empresa e, quando bem determinada, divide esforços e evita alguns desgastes do dia a dia.

E aí, o que você acha? Vale a pena investir tempo na implementação da OKR no dia a dia da sua corporação?

Imagem de capa via Shutterstock

Escrito por Pamela Afonso

Relações-públicas, mineira e membro da feliz geração nascida no início da década de 90. Divide-se em várias paixões: escrever, estar com a família e amigos e passar (muitas) horas assistindo a filmes e séries.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…