in ,

5 sinais de que seu filho poderá se tornar um designer no futuro

O comportamento de uma criança pode dizer muito sobre seu futuro. Pense na sua própria infância. Lembra de coisas que você fazia que justificam a escolha de sua profissão hoje?

É claro que não existem regras, mas selecionamos 5 sinais que podem levar seu filho ou filha para o lado “designerístico” da força. Confira:

Ele(a) vive com papel e lápis na mão

Saber desenhar não é um requisito fundamental para um designer. Mas o simples interesse por formas, cores e traçados já pode ser um indício de que ele vai querer trilhar o caminho do design.

Muitas vezes o desenho é a porta de entrada para o design. Afinal, dificilmente uma criança saberá o que um designer faz (nem alguns adultos sabem) mas saberá dizer o trabalho de um desenhista.

Querer representar suas ideias no papel é um bom indício de que ele seguirá um caminho criativo.

Ele(a) é bastante criativo nas brincadeiras

Da próxima vez que seu filho estiver brincando, procure notar a forma como ele conduz a brincadeira. Ele inventa histórias, personagens ou cenários? Quando brinca com algo comum, costuma inovar a brincadeira com um toque totalmente pessoal? Ele inventa novas brincadeiras?

Ser criativo é um requisito para qualquer profissão que envolva criação. E a criatividade é uma qualidade que muitas crianças já demonstram desde muito cedo.

Muitos profissionais de criação lembram que foram crianças bastante criativas e que isso os ajudaram a escolher sua profissão no futuro. É o caso do seu pimpolho?

Ele(a) é curioso

Ok, golpe baixo. Praticamente toda criança é curiosa por natureza, isso é verdade.

Mas quando a criatividade está bastante ativa desde cedo, a curiosidade pode vir com uma pitada especial.

Muitos adultos são incentivados a “pensar fora da caixa”, coisa que a maioria das crianças já faz naturalmente, criando situações inusitadas e criativas.

Tem uma facilidade incrível com computadores

Também não é regra, mas ter facilidade com computadores desde cedo ajudará na futura rotina de um profissional de criação.

Quando a criança tem facilidade (não somente com jogos, mas em rotinas específicas como instalar programas, copiar e colar, etc.), isso irá ajudá-la muito em sua futura carreira.

Tem interesse por música

Todo mundo sabe dos benefícios que a música traz para o desenvolvimento criativo da criança.

Estimulá-la desde cedo a não só ouvir mas também tocar instrumentos e até mesmo compôr músicas é um exercício que irá aumentar muito sua criatividade e criar novas conexões em seus neurônios.

Crianças que naturalmente tem interesse por música (não só músicas infantis) tem uma grande chance de se tornarem adultos criativos.

Lembra de ter características como essas quando pequeno? E caso seja pai ou mãe, consegue perceber alguns desses comportamentos em seu filho?

Participe do post deixando seu comentário logo abaixo!

Escrito por Guilherme Dantas

Fundador do Designerd, empreendedor digital, apaixonado por criatividade, carros, educação financeira e cinema. Arranhador profissional de violão nas horas vagas.