in

5 dicas para quem está iniciando na área de design como freelancer


Photo by elisasizzle

Caso você já seja um “macaco-velho” do design, esse post lhe servirá apenas para recordar como foi seu começo e quais dificuldades você passou.

Agora, se você é um novato na área, seja bem-vindo. Você com certeza escolheu uma carreira promissora, que poderá, com muito esforço, lhe trazer recompensas em todos os sentidos.

Seguem abaixo 05 dicas para você botar em prática logo no começo de sua jornada profissional. Preparado?

1) Aprenda com os erros.

Se você acha que nunca vai errar, mude seus conceitos. Você vai, e muito. Prepare-se para cometer gafes em reuniões, perder clientes, estourar prazos e ouvir reclamações. É claro que quanto mais preparado você estiver, menor a probabilidade de erro. Mas quando errar, lembre-se de refletir no que foi e ganhar experiência com isso.

2) Valorize-se.

Não é porque você é iniciante que vai vender seus serviços por preços de banana. Há uma grande tentação em fechar os primeiros contratos, seja qual for o valor final. Uma dica: antes de qualquer reunião, tenha em mente o valor mínimo que aceitaria para determinado tipo de serviço, como um site, um blog ou uma arte gráfica. Caso a negociação fique muito abaixo deste valor, pegue seu banquinho e saia de mansinho.

3) Saiba dizer NÃO.

Uma pequena palavra, mas um grande obstáculo para muitos. O desejo de agradar pode fazer com que essa simples palavra suma do seu vocabulário. Quando isso acontece, acredite: o arrependimento é grande. Saiba recusar serviços e propostas sem nexo. Mesmo.

4) Peça sempre um depósito antecipado.

Evite começar a trabalhar sem antes ter recebido alguma parte do combinado. Muitos clientes lhe dirão que precisam ver seu estilo de arte antes de aceitarem o contrato. Caso ainda não tenha portfólio, a decisão de aceitar ou não essa condição é unicamente sua. Mas caso já tenha exemplos disso (seus últimos trabalhos) mostre-os a seu cliente e dê a garantia de que, assim como nos serviços anteriores, prezará muito pela sua qualidade.

5) Não se esqueça de seus clientes.

Quando começar a fechar os primeiros contratos com os primeiros clientes, provavelmente formará verdadeiros laços com tais. Porém, após a conclusão do serviço, não magoe o frágil e delicado coração de seus clientes. Ligue de vez em quando para saber como estão, ou se precisam de alguma coisa. Mande e-mails, ou até mesmo marque visitas para apresentar-lhes novidades na área. Eles sentirão mais segurança e talvez até lhe indiquem outras empresas interessadas em contratar seus serviços.

São poucas dicas, mas acredito que ajudará bastante os novatos dessa profissão.
E você? Lembra-se de mais alguma dica? Não esqueça de comentar esse post então!

Escrito por Guilherme Dantas

Fundador do Designerd, empreendedor digital, apaixonado por design, marketing digital, carros, cinema, astronomia e física quântica. Arranhador profissional de violão nas horas vagas.

5 Comentários

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…