Loving Vincent é um filme sobre a vida do pintor holandês Vincent Van Gogh.

Até aí, nada de novo, afinal, Van Gogh foi um dos artistas mais representados em filmes. A causa disso pode ter sido além de sua genialidade. Talvez sua doença, ideia de suicídio, temperamento difícil e tantas teorias diferentes em volta de sua psique, tenham motivado tantas obras a seu respeito.

Mas o que chama a atenção mesmo nesse filme é que ele foi totalmente feito em pintura a óleo. Isso mesmo… Os 56 mil quadros  de todo o filme foram pintados individualmente.

São 12 pinturas por segundo para passar a sensação de movimento. Apesar de ser um número bem abaixo das animações tradicionais, é totalmente compreensível, já que se fosse seguir o padrão do cinema, precisariam de pelo menos o dobro de tempo ou o dobro de pintores.

Ao todo foram 100 pintores que utilizaram as Painting Animation Work Stations (PAWS), estações de trabalho que foram criadas especialmente para a produção desse longa de 80 minutos, Loving Vincent, em dois anos.

Julian Nunes