in , ,

Entendendo as licenças Creative Commons (CC)

Há um tempo postamos uma lista de alguns bancos de imagens gratuitos para utilizar em seus projetos e frequentemente disponibilizamos fontes e outros recursos grátis para uso pessoal ou comercial.

Essa diferença entre usos é só um detalhe dos diversos tipos de licenças para conteúdo gratuito que encontramos na internet.

São várias siglas referentes aos tipos de licenças e sempre precisamos ficar de olho para não utilizar um material indevidamente.

Confira então os tipos de CC e como aplicar em cada situação:

A base do Creative Commons

Creative Commons é uma organização não governamental sem fins lucrativos criada em 2001 que veio com o foco de padronizar as cessões de direitos que criadores podem fazer nos trabalhos que querem disponibilizar na web.

Hoje já é muito utilizado e contamos com uma infinidade de materiais gratuitos e registrados com seus padrões de licença que vamos entender a seguir.

As siglas

CC0 (Sem direitos reservados)

Essa é a licença com total cessão de direitos. Também podemos chamar de “domínio público”, apesar de essa ser uma denominação anterior ao Creative Commons.

Arquivos categorizados com CC0 podem ser usados para fins comerciais, podem ser alterados e não há necessidade de creditar o autor.

CC BY (Atribuição necessária)

Essa licença tem todas as vantagens da anterior. O arquivo poderá ser usado para qualquer fim e do jeito que quiser.

A única diferença é que aqui o crédito é obrigatório, identificando o autor do arquivo base.

CC BY-SA (Atribuição – Compartilhar Igual)

Aqui também tudo é liberado. E assim como na anterior, o crédito é necessário.

O que difere nessa é que todo material produzido a partir de algum arquivo categorizado com essa licença precisa ser distribuído (inclusive comercialmente) do mesmo jeito (também como CC BY-SA), permitindo que outras pessoas utilizem e disseminem o tipo de licença.

CC BY-ND (Atribuição – Sem Derivações)

Imagens, por exemplo, que estejam nessa categoria poderão ser usadas comercialmente, mas não poderão ser alteradas e também precisam ser creditadas.

CC BY-NC (Atribuição – Não Comercial)

Nessa categoria, todos os arquivos poderão ser alterados e utilizados como quiser desde que para uso pessoal e que o autor seja creditado.

CC BY-NC-SA (Atribuição – Não Comercial – Compartilhar Igual)

Assim como o CC BY-SA, tudo que estiver com essa licença cadastrada permite o uso para obras que forem compartilhadas no mesmo tipo e com a necessidade de serem creditadas. A diferença é que aqui não pode ser usado para fins comerciais.

CC BY-NC-ND (Atribuição – Sem Derivações – Sem Derivados)

Essa é a mais limitante. Não permite o uso comercial e nem que a obra seja alterada. Caso seja utilizada, também necessita inserir o crédito do autor, assim como a maioria das anteriores.

Conclusão

Encontrar imagens, vídeos e arquivos de áudio gratuitos com certeza ajuda muito em diversos projetos de baixo orçamento e principalmente para projetos pessoais.

Hoje temos diversos bancos de imagens gratuitos por aí, assim como bibliotecas de vídeo e áudio e as licenças CC se popularizaram muito.

Então use a vontade todo o material que estiver disponível, apenas tomando o cuidado necessário com a licença que cada obra estiver cadastrada.

Se estiver procurando imagens gratuitas, visite aqui nosso post de Bancos de Imagens Gratuitos, caso queira footage para seu vídeo, veja aqui alguns bons sites para Vídeos Gratuitos e se o que precisa é áudio, confira algumas bibliotecas com ótimos efeitos sonoros no nosso post de SFX Grátis.

Escrito por Julian Nunes

Designer e professor nas áreas de computação e editoração gráfica e também apaixonado por cinema, animação, motion e flertando com fotografia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…