in ,

A nova cara do Nubank: acessibilidade e amadurecimento

O Nubank apresentou hoje, dia 17 de maio, seu novo logotipo.

A partir de hoje a instituição bancária irá dar início à atualização da nova identidade visual em todos os pontos de contato da marca.

A proposta desse redesign, segundo a empresa, vem de encontro com novas políticas adotadas pela mesma.

A plataforma se tornou o maior banco digital do mundo e que tem uma crescente exponencial na América Latina sobretudo no Brasil. Um momento que pede mais proximidade com os usuários de suas plataformas.

A nova identidade visual do Nubank deixa de lado as formas quadradas e seu design linear anterior e traz consigo um novo logotipo redesenhado com formas mais curvas e suaves levando a marca para um ambiente mais acolhedor e moderno.

O novo tom de roxo reflete uma personalidade mais madura e com mais bom gosto, mas mantendo seu espírito jovem, isso tudo aliado a uma nova proposta tipográfica com muito mais contraste nas suas formas, proporcionando uma leitura mais dinâmica e fluída como podemos observar no vídeo institucional de divulgação da nova marca:

O conceito anunciado pela empresa para marcar essa nova etapa tem como base uma forma que se baseia em algo que lembre uma fita torcida formando as letras N e U.

Indo mais além, essa fita pode simbolizar a molécula de DNA também caracterizada por uma fita torcida reforçando os valores da empresa, um movimento contínuo e geracional que o Nubank vem desempenhando ao longo dos anos com a iniciativa de mudar o cenário financeiro.

O logotipo tem uma construção geométrica bem simples porém muito efetiva. Foram abandonadas as linhas finas que deram espaço às formas preenchidas aumentando o peso da marca gerando mais acessibilidade, sem ruídos e de fácil leitura auxiliando na aplicação da marca em diversos pontos de contato.

O fato é que o Nubank sempre foi inovador desde o seu nascimento e logo de cara apresentou uma proposta de design fora da curva se comparado com outros bancos no mesmo período.

No dia de hoje a empresa demonstra mais um pouco do seu viés modernista e a sua preocupação em oferecer um ambiente de melhorias de usabilidade em suas plataformas se projetando no futuro como a marca sólida que é.

E aí, o que você achou dessa mudança?

Escrito por Hueller Figueredo

Designer gráfico com uma queda por projetos de embalagem. Apreciador de música, cinema e tatuagem. Guitarrista psicodélico na Mind’s Eye Band e Burning Machines

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…