in ,

Imagens para anúncios: como escolher corretamente?

Eis que você recebe a importante tarefa de fazer a arte de um anúncio, seja para Facebook Ads, Instagram Ads, Google Ads ou qualquer outra plataforma e mídia. Então, você procura várias imagens para anúncios até encontrar a que se encaixa perfeitamente com aquela proposta.

Depois de uma boa dose de esforço e dedicação, o serviço é entregue. Depois de algum tempo, com a campanha já no ar, o cliente te chama e diz que a conversão foi fantástica. O anúncio realmente cumpriu seu objetivo e ele quer que você se torne o designer oficial daquela empresa ou agência.

Fala sério: essa é uma situação fantástica, não é? Além da compensação financeira, você pode ter iniciado uma parceria duradoura e também se depara com a deliciosa sensação de dever cumprido.

Diferente do que se pode imaginar, a escolha de imagens de anúncios não é uma loteria. Há muita teoria por trás disso, inclusive com uma participação fundamental do subconsciente do ser humano.

Vamos aprender mais sobre o assunto para que você tenha em mãos todo o conhecimento necessário para escolher imagens que convertem e cumprem as propostas para as quais foram designadas. Vem com a gente!

Qual é o papel da ciência na escolha das imagens de anúncios?

Como dissemos, há uma boa dose de ciência por trás disso. Não precisamos nos aprofundar demais no assunto, mas entender do que se trata ajudará bastante a escolher imagens que chamam atenção.

O poder das imagens é fantástico, não apenas no que tange aos anúncios como também pela parte visual em si, e as seguintes informações ajudarão a entender melhor como isso funciona:

Nosso cérebro processa imagens muito rápido

De acordo com cientistas do Massachusetts Institute of Technology, o famoso MIT, o cérebro humano é capaz de processar imagens inteiras em apenas 13 milissegundos. Pegue um segundo, divida em 1.000 partes e separe 13 delas. É essa a fração de tempo.

Estudos anteriores estimavam que essa velocidade era de 100 milissegundos, o que já é rápido, diga-se de passagem. Porém, outro estudo foi feito com imagens exibidas em um período variável de 13 a 80 milissegundos, ou seja, todos abaixo de um décimo de segundo.

Para fins de comparação, nós levamos 100 milissegundos para piscar, ou seja, no período de tempo de uma simples piscada, seria possível processar pelo menos 7 imagens. Em um mundo de rolagem rápida na internet e nas redes sociais, esse pequeno intervalo de tempo faz a diferença.

Os mesmos cientistas do MIT disseram que 90% da informação transmitida ao cérebro é visual, enquanto apenas 10% é dividido pelos outros sentidos. Logo, escolher as melhores imagens para anúncios pode chamar a atenção do público mais rápido do que você imagina.

Veja também: Imagens para blogs: como chamar a atenção do seu público?

A maioria das pessoas é composta por “aprendizes visuais”

Uma pesquisa feita pela Pearson Prentice Hall mostrou que 65% das pessoas são primariamente aprendizes visuais, o que significa que respondem melhor a demonstrações visuais do que explicações auditivas ou mesmo táteis.

Em outras palavras, falhar na escolha das imagens de anúncios te coloca em desvantagem com 65% dos consumidores, o que pode fazer toda a diferença em qualquer estratégia de marketing.

Como escolher as melhores imagens para anúncios?

Algumas boas dicas que podem ser aplicadas a partir de agora para ajudar nesta seleção são as seguintes:

Destaque os benefícios…

Se você vai escolher imagens para anúncios de produtos para saúde e beleza capilar, por exemplo, é preciso mostrar isso claramente.

Em um estudo feito pela Behave.org com uma empresa de alongamento capilar, a imagem da embalagem de determinado produto foi substituída pela foto de uma modelo antes e depois de utilizá-lo. No desktop, os cliques na página aumentaram 7,93% e o faturamento por visitante foi 17,61% maior.

…mas considere o tamanho da tela.

No mesmo estudo que vimos acima, na versão mobile do site os cliques caíram 0,67% e o faturamento por visitante caiu 27,69% quando a imagem foi substituída pela foto da modelo.

Isso pode querer dizer que a simplicidade combina melhor com dispositivos móveis, além de seu tamanho reduzido na comparação com telas de tablets e notebooks.

Adicione sorrisos

Alwin Hoogerdijk, do Collectorz.com, fez duas versões de uma landing page. As duas eram muito parecidas, com a maior diferença sendo o seu sorriso em uma delas, contra uma cara mais séria na outra.

O aumento foi de 1,3% no número de assinaturas e de 9,9% nas vendas na versão com o sorriso, que tende a deixar a pessoa mais bonita e atraente, além de melhorar sua proximidade e simpatia.

Aproveite a direção do olhar na foto

É natural querer seguir a direção do olhar da pessoa retratada, o que certamente deve ser aproveitado por você.

Ao criar uma arte para um anúncio online com um botão de ação, por exemplo, aproveite para escolher imagens onde a pessoa retratada esteja com os olhos em direção ao local desejado.

Conclusão

Depois de tantas dicas e informações relevantes sobre como o visual instiga nosso cérebro, fica evidente que escolher imagens de anúncios é uma tarefa fundamental, mas com o conhecimento necessário, você pode tirar de letra e otimizar os resultados gerados.

Para ter acesso às melhores imagens, conte com a iStock, um banco de imagens onde você pode encontrar milhões de opções para as mais variadas demandas, inclusive que estão de acordo com as dicas que vimos neste post.

Faça seu cadastro gratuitamente na iStock e tenha todos os recursos que você precisa para escolher imagens para anúncios que realmente convertem. Pode ter certeza que isso valerá muito a pena em cada um de seus projetos!

Escrito por Guilherme Dantas

Fundador do Designerd, empreendedor digital, apaixonado por criatividade, carros, finanças pessoais e cinema. Arranhador profissional de violão nas horas vagas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…