Você deve conhecer o Prisma. Talvez até já tenha usado. É um aplicativo que aplica o estilo de pintores famosos em suas fotografias. O aplicativo faz isso evitando alterar a estrutura da imagem original, como o exemplo abaixo:

Imagem via: The Next Web

Pesquisadores da Adobe estão trabalhando em um algoritmo que faz algo parecido com o que o Prisma faz, com a diferença de que ele se baseia em outra foto como referência de estilo.

Como funciona?

Batizado de Deep Photo Style Transfer, o algoritmo é capaz de reconhecer o padrão de estilo de uma foto de referência, como cores, sombras, iluminação e replicá-lo na foto original, criando uma imagem totalmente nova.

Complicado de entender? Veja o exemplo abaixo.

A primeira foto (a flor amarela) é a imagem original. A segunda foto (a flor vermelha) é a imagem de referência

O algoritmo analisou as fotos e copiou o estilo da flor vermelha (segunda foto) para a estrutura da flor amarela (primeira foto), resultando na terceira foto.

Os pesquisadores testaram o algoritmo com várias fotos, como você pode ver abaixo:

É incrível como o algoritmo copia as informações da foto de referência e aplica na foto original sem alterar sua estrutura, conseguindo transformar, por exemplo, um cenário diurno em noturno, como esse último exemplo.

Confira mais exemplos de aplicação do algoritmo em seu repositório do GitHub.

Ainda não sabemos o quanto o algoritmo será aperfeiçoado, nem se as futuras versões do Photoshop já terão essa funcionalidade, mas isso já é um indício do que podemos aguardar para um futuro próximo.

Guilherme Dantas