Você pode ser o melhor designer do mundo, mas se não investir em suas apresentações, corre o risco de receber um “não” do cliente.

Imagine que, em uma reunião, você apresentará a arte de um cartão de visitas. Como fará isso? Abrirá o software que usou para desenvolver e mostrará o projeto dessa forma? Ou mostrará ao cliente o cartão de visitas como se já tivesse sido impresso, numa simulação?

Para entender melhor, veja a figura abaixo. A primeira mostra a arte “crua”. A segunda, usando um mock-up, mostra o cartão de visitas como se já tivesse sido impresso.

É muito importante se colocar no lugar do cliente. Designers são seres visuais. Enxergamos a tridimensionalidade em um simples rabisco numa folha de papel. Porém, é um grande erro pensar que todas as pessoas enxergam assim.

No exemplo acima, na figura do lado esquerdo, o cliente pode ter dificuldade em visualizar a arte como um cartão de visitas. O mesmo pode acontecer com layouts de sites, revistas, folders, flyers, outdoors e daí por diante.

Por essa razão, usar um Mock-up pode ser muito útil. Mas você pode estar se perguntando:

Como usar um Mock-up?

Usar um Mock-up é mais simples do que você talvez imagina. Logo abaixo, vou mostrar como usei o Mock-up do fictício cartão de visitas do exemplo acima:

O Mock-up usado na imagem acima nada mais é que um arquivo do Photoshop.  No final desse post mostrarei alguns lugares onde você poderá baixar mock-ups gratuitos.

Após abrir o arquivo, você deverá localizar as camadas responsáveis por fazer a substituição das artes (nesse caso a frente e o verso do cartão de visitas).

Após localizar, basta dar um duplo clique na camada desejada (clique em cima da miniatura da imagem, e não no nome da camada.).

Após clicar, um arquivo será aberto. Este é o arquivo responsável pela arte que será substituída.

O que fazer agora, é óbvio. Basta substituir essa arte de exemplo pela arte que você desenvolveu. Após isso, salve o arquivo (Ctrl+s, se estiver usando Windows).

Após ter salvo, volte ao arquivo principal e veja que a alteração já surtiu efeito. Caso o Mock-up tenha mais de um arquivo a ser substituído, como neste caso (frente e verso do cartão), repita o procedimento na outra camada.

Todo esse procedimento não demora mais que 5 minutos. Com pouco esforço é possível agregar mais valor à suas apresentações, com o objetivo de impressionar o cliente.

Agora que você sabe, pelo menos em teoria, como usar um Mock-up, você talvez esteja se perguntando:

Onde posso fazer download de Mock-ups gratuitos?

Alguns sites disponibilizam gratuitamente Mock-ups de boa qualidade. Faça uma pesquisa em sites como Behance, Deviant Art e Pixeden. Neste último, é necessário um breve cadastro para poder fazer downloads.

Como sou bonzinho, listei abaixo alguns Mock-ups gratuitos de excelente qualidade. Para baixar, basta clicar na imagem:

Mock-up de iPhone

Mock-up estilo café da Starbucks

Mock-up de cartão de visitas (usado no exemplo)

Mock-up de camiseta

Existem uma infinidade de Mock-ups gratuitos disponíveis na internet. Porém, se você quiser algo mais complexo, existem Mock-ups profissionais no Graphic River, custando em média 10 dólares. É um ótimo investimento.

Impressionar o cliente com uma boa apresentação pode fazer toda a diferença. Afinal, cada um precisa vender seu peixe da melhor maneira. Os Mock-ups são ótimas ferramentas para agregar valor às suas apresentações. Que tal experimentar?

Guilherme Dantas