in ,

Testamos a CR-V Touring 2019

A quinta geração do SUV da Honda, o CR-V chegou em uma versão única, a Touring, com motor 1.5 turbo e a impecável transmissão CVT, mas que além do motor e câmbio, trouxemos muitas questões a serem destacadas.

Ele foi montado na mesma plataforma do Civic da mesma geração, por isso a experiência em dirigir os dois se aproxima um pouco (tirando as óbvias diferenças de tamanho) e a potência um pouco maior para o lado da CR-V (190 cavalos).

Essa geração ficou bem mais esportiva que suas anteriores, seguindo a estratégia adotada nos outros carros da montadora. Já desde o primeiro contato visual, com sua frente imponente, contando com faróis de LED e na traseira suas traseiras, também em LED, se destacando. Tanto em termos tecnológicos quanto visuais, a SUV se apresenta como um novo carro, sendo até difícil uma comparação com suas versões anteriores.

Sensor de estacionamento dianteiro e traseiro com uma grande tela

As mordomias que um carro desse nível tem te deixam mal-acostumado. Além dos mais comuns sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, chave presencial, trancamento automático, porta-malas de abertura eletrônica, uma coisa que me chamou atenção, principalmente por causa dias quentes que passamos com o carro, foi o sistema de partida remota. Com ele, o carro aciona o ar condicionado sem destranca-lo, assim quando você entrar já estará em uma temperatura muito mais agradável.

Poderia aqui falar de várias outras mordomias, como as regulagens pré-definidas de altura e distância do banco, visor do velocímetro de altura ajustável, saída de ar condicionado para os bancos de trás, diferentes portas USB, entre tantas outras coisas, mas como sabem, nosso foco é o design, que tem um forte papel nessa geração.

Um carro desse tamanho tem que contar com apoios em todos os lugares, e tem. A quantidade de porta-objetos é considerável e proporcional ao seu espaço interno, tanto na frente quanto quem fica atrás, até mesmo o temido lugar no centro, já que pela altura do carro, a Honda conseguiu deixar o chão sem aquela típica elevação no centro, deixando qualquer viagem superconfortável.

Falando em bancos, o couro micro perfurado tem tanto seu lado estético como funcional aprovado. Material esse tem que ser resistente até mesmo por um outro item de conforto que não tem como falar, o ajuste eletrônico para as costas e lombar, onde pode ser regulado próximo aos controles da distância das pernas.

As imagens com certeza falam mais que os bons 190 cavalos de força do modelo. Então vejam mais algumas:

Vale a pena ter um CR-V Touring 2019? Sem sombra de dúvidas é um carro com muito estilo, conforto e segurança, entregando tudo que promete e no padrão Honda, ou seja, com qualidade.

Se estiver buscando uma SUV, definitivamente o CR-V deve estar na sua lista.

 

Julian Nunes

Escrito por Julian Nunes

Designer e professor nas áreas de computação e editoração gráfica e também apaixonado por cinema, animação, motion e flertando com fotografia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…