Recentemente falamos um pouco sobre o que você pode fazer usando o Illustrator.

Nesse post, vamos aprofundar um pouco mais sobre o principal uso do software: ferramenta de desenho vetorial.

Mas afinal, o que é vetor?

vetorXbitmap

Existem duas maneiras de criar imagens digitais: bitmap e vetor.

Bitmaps (ou raster) são as imagens como vemos a maior parte do tempo, são as fotos tiradas nas câmeras digitais e celulares, montagens feitas no Photoshop, entre outras imagens que convivemos diariamente.

A definição de bitmap pode ser simplificada como “pixels mapeados”, ou seja, dentro de qualquer imagem desse tipo, você irá encontrar milhares ou milhões de pixels (quadradinhos que armazenam informações de cor e luminosidade), onde juntos formam a imagem final.

Já as imagens vetoriais são compostas por cálculos matemáticos feitos pelo próprio computador.

Imagine uma linha de 10 centímetros. Se essa linha foi feita como uma imagem bitmap, entre um ponto e outro, o programa irá criar o número necessário de pixels para que ela fique com a qualidade desejada.

Essa mesma linha, se for feita como um vetor, você apenas define qual é o ponto inicial e qual é o ponto final. A linha em si será criada matematicamente entre esses pontos, onde no cálculo será levado em consideração a largura, comprimento e ângulo da linha, caso ela seja curva.

E por que vetor?

vetor

Quando criamos um logo, ele será utilizado pelo cliente em qualquer situação. Ele pode solicitar o logo para um cartão de visitas, mas também pode solicitar que esse mesmo logo fique estampado em um grande outdoor.

Quando trabalhamos com imagens bitmaps, elas tem um tamanho físico já definido. Qualquer alteração desse tamanho irá alterar a sua qualidade.

Alterações nessa disposição dos pixels pode fazer com que novos pixels sejam criados pelo computador, criando assim informações indesejadas, como uma imagem borrada, ou toda quadriculada.

Como os vetores são compostos por cálculos matemáticos, você pode multiplicar um número infinitas vezes e ele continua sendo um número. Pensando assim, se você multiplicar o tamanho da linha do tópico anterior em 3, 4, 5 vezes, ela continua sendo uma linha com a mesma curvatura, espessura e cor de antes.

Devo usar imagens vetoriais em tudo então?

pixels

Tudo depende do objetivo do seu trabalho

Para logos, é essencial que seja feito em vetor, para que não tenha retrabalho, precisando fazer tudo de novo para uma impressão maior.

Ilustrações que não tem necessidade de serem fotorrealistas também podem ser feitas em vetor, porque isso facilita até uma possível utilização em animações, vídeos e etc.

Impressos utilizam dos dois mundos. Enquanto para o layout, a utilização de vetores é mais interessante, para que possa ser utilizado em diferentes peças. As fotos que serão inseridas nas peças não serão convertidas automaticamente para vetor, elas irão continuar sendo bitmaps. Por isso o Illustrator, InDesign, entre outros, tem a capacidade de trabalhar com os 2 formatos de imagens e aproveitar o melhor de cada.

Fotos já são imagens bitmap, então as montagens e aplicações de efeitos pedem a utilização de programas específicos, a base de bitmap, como o Photoshop.

Dica!

Quer ver como é a composição de logos de empresas famosas? Use o site brandsoftheworld.com (ou similares) e abra esses arquivos no Illustrator. Assim você consegue ver cores, formas utilizadas e mergulhar na marca.

Quer saber mais sobre Illustrator? Aguarde as novidades :)

Imagens do post via shutterstock
Julian Nunes