in

Design Automotivo: Honda Accord

Provavelmente, ao ouvir a palavra “sedã”, você automaticamente pensa naquele carrão com ar executivo, que desfila suavemente pelas ruas da cidade.

Nesse caso, a Honda levou a sério a imagem clássica do sedã no Accord, exceto pela parte do “desfila suavemente”. A máquina tem um motor V6 debaixo do capô e as arrancadas mais agressivas são praticamente inevitáveis.

Design com ar executivo

Sim, essa é a primeira impressão que você terá ao observar o modelo da Honda: um carro que provavelmente trará um condutor de roupa social, um homem ou mulher de negócios.

Mas engana-se quem pensa que isso é tudo. Olhos mais treinados vão perceber detalhes esportivos misturados com seu design executivo, que anunciam a agressividade contida do veículo.

Suas linhas deixam isso bem claro. Formas arredondadas se misturam com partes mais pontiagudas, que não deixam dúvidas sobre a proposital fusão entre o clássico e o agressivo.

Os designers da Honda também não economizaram nas partes cromadas, que marcam presença por dentro e por fora, e que confere ainda mais classe ao veículo.

E o que dizer do desenho das rodas? As 18 polegadas de liga leve com detalhes em prata e preto parecem combinar perfeitamente com o propósito do carro.

Interior clássico

Se a pegada clássica-agressiva fica clara em seu exterior, a mesma é reforçada em seu interior. O acabamento interno confere sofisticação ao mesmo tempo que detalhes esportivos e mais agressivos também podem ser observados.

O painel de instrumentos é simples e sóbrio. Talvez até simples demais para um carro que não economiza no estilo. O digital e o analógico se misturam de modo tímido, e o resultado não surpreende tanto quanto os outros elementos.

Também senti falta de itens mais tecnológicos como o Start-Stop, que desliga o motor quando o carro está parado no semáforo, por exemplo, ligando-o novamente com um simples toque no acelerador e o assistente de baliza, que estaciona o carro sozinho por meio de sensores. Para um carrão de quase cinco metros de comprimento, seria uma ótima pedida.

A central multimídia apresenta duas telas muito úteis para o condutor. O destaque especial vai para o assistente de ponto cego, uma câmera no retrovisor direito que é ligada quando a seta para o mesmo lado é acionada.

Há também a opção de manter a câmera sempre ligada, o que confere mais segurança para conversões à direita.

Ponto positivo para o quesito conforto. os bancos possuem um toque agradável e possuem descanso de braço tanto para o motorista quanto para o passageiro. Chega de brigas disputando o acessório!

O carro também possui um excelente acabamento acústico que isola o som exterior, conferindo um ambiente bastante calmo e agradável por dentro.

Se fosse resumir em poucas palavras, poderia dizer que o Accord traz um design sofisticado e elegante sem deixar de lado a esportividade e a agressividade. Uma agradável junção de dois universos.

Afinal, pilotos também usam gravatas.

Fotografias por Marcus Mavioli

Escrito por Guilherme Dantas

Fundador do Designerd e Confred, empreendedor digital, apaixonado por design e marketing. Também vive falando sobre carros, física quântica, astronomia e cinema. Nas horas vagas, arranha violões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…