in ,

5 dicas para apresentar melhor seus projetos

Você conseguiu aquele desejado projeto, fez com todo carinho e agora precisa apresentar.

Está com dúvidas de como fazer? Veja então essas 5 dicas práticas para sua apresentação ser objetiva e trazer um resultado positivo!

É claro que não existe uma receita de bolo para isso, afinal cada cliente tem um jeito diferente de entender as coisas, opinar, se comportar, vestir e tudo mais.

Mas você pode utilizar todas essas dicas (ou parte delas), dependendo de cada situação.

Confira:

1 – Quebre o gelo

quebragelo

O termo “quebra gelo” tem como uma das possíveis origens naquelas proteções que ficam em frente aos navios que são usadas para, literalmente, quebrar grandes pedaços de gelo do mar.

No caso, o termo começou a ser utilizado no sentido de que momentos frios e tensos (de silêncio constrangedor, por exemplo), pudessem ser quebrados com assuntos relacionados ou não ao tema da apresentação.

Tudo na vida segue um processo. Um início, meio e fim. Falar do dia, hobbies, clima, esporte, mesmo que não seja amigo do seu cliente, é uma prática extremamente comum nos negócios. Deixando assim a reunião mais leve, você ganha a simpatia dele logo de início, facilitando a sua aprovação final.

2- Use mockups

mockup

Os mockups tem função dupla na apresentação dos seus projetos. Uma delas é dar uma ideia mais clara para o cliente como será aplicada a marca dele, seja na papelaria ou mídias digitais. Mas a função que mais vai lhe dar um retorno positivo, é o efeito WOW.

Veja na imagem acima, por exemplo. O cartão é o mesmo, mas o fato de ter sido aplicada em uma imagem bonita, com uma textura real, faz com que o cliente praticamente já sinta o cartão na mão dele.

Inclusive, nós já falamos sobre como agregar mais valor aos seus projetos com mockups, lembra?

3- Organize suas ideias

organizar

Mais uma vez comento sobre o começo, meio e fim de tudo. Uma apresentação deve seguir uma ordem lógica também.

Por exemplo: na introdução, mostre ao cliente as necessidades dele, as funções do projeto. Vá depois para uma descrição mais detalhada do projeto e tudo que há nele, versões da identidade, mockups, etc. E a hora de concluir? Bote em prática o item 5 dessa lista.

4- Utilize as informações do briefing

briefing

Estamos falando de uma reunião de apresentação, a criação do briefing não entra aqui.

O briefing aqui será utilizado como seu guia e advogado. Porque o cliente pode não lembrar de tudo que foi definido naquela outra reunião, onde o documento foi criado.

Mas tudo o que foi dito e redigido para a criação do briefing, deve ser utilizado. Caso o cliente queira fazer alterações que não estavam no briefing porque era diferente do que foi negociado, cabe uma nova negociação.

Quer dicas para criar um briefing? Veja o post 5 perguntas imprescindíveis para um bom briefing.

5 – Faça um Grand Finale

grandfinale

Toda reunião não deixa de ser uma história. E a história sempre tem seu ponto de virada em algum momento. Provavelmente você passou por um desses pontos ao mostrar as aplicações da marca criada, causando uma boa impressão para o cliente. Mas o melhor tem que vir no final!

Cabe a você saber o que o cliente mais esperava e mostrar da melhor maneira possível. Surpreenda-o!

Imagens do artigo via shutterstock

Escrito por Julian Nunes

Designer e professor nas áreas de computação e editoração gráfica e também apaixonado por cinema, animação, motion e flertando com fotografia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…