in , ,

6 logos inspiradores que utilizam o espaço negativo de forma incrível

Todo profissional criativo precisa de sua dose de inspiração diária. Isso é fato!

Observar trabalhos que foram além do óbvio para encontrar soluções improváveis é uma ótima forma de expandir a visão criativa e evoluir como profissional.

Nesse artigo, selecionei 6 logos inspiradores que utilizaram o espaço negativo de forma muito criativa, fazendo brilhar os olhos de qualquer designer.

Confira!

Dog, por Sean O’Brien

O designer Sean O’Brien foi brilhante ao utilizar a silhueta de um cachorro na palavra “dog”.

A divisão da letra “d” com o “o” cria um encaixe perfeito para o rabo do cachorro, e o mesmo acontece entre as letras “o” e “g”, divididos com a orelha do animal.

O focinho é responsável pela perna do “g”, criando uma harmonia simplesmente fantástica.

JE (monograma) por  Mindaugas Dudenas

Não é raro vermos monogramas (combinação de duas ou mais letras ou outros elementos gráficos) utilizarem o espaço negativo de forma criativa.

O designer Mindaugas Dudenas criou uma solução simples porém bastante inteligente para unir as iniciais J e E.

A solução foi “esconder” a letra J no próprio desenho da letra E, criando um conceito bastante sutil, quase subjetivo.

Broodje Van Eigen Deeg, por Jeroen van Eerden

Quem também fez um excelente uso do espaço negativo foi o designer Jeroen van Eerden, que foi contratado para criar a identidade visual da Broodje Van Eigen Deeg, uma padaria francesa instalada na Holanda.

Aproveitando a inicial “B”, o designer conseguiu dar um significado especial ao logo, acrescentando o símbolo de um pão no interior da letra, criando assim uma associação inegável com o ramo de atuação de seu cliente.

Birdhouse Books, por Nick

O conceito do designer Nick é um ótimo exemplo de como algo simples pode vir carregado de significado.

Em um único símbolo, ele uniu elementos como a letra “b”, a cabeça de um pássaro e uma página de livro virada.

Me arrisco inclusive a dizer que a letra “b” pode se relacionar também com o desenho de uma nota musical, o que tem uma associação direta com o canto do pássaro. Será que o designer fez isso propositalmente ou é coisa da minha cabeça?

Stairs, por Dalius Stuoka

Outro conceito incrível é o do designer Dalius Stuoka, que conseguiu representar a letra “S” de “Stairs” (escadas) junto com o desenho tridimensional de dois degraus.

Apesar do conceito funcionar melhor com o uso de uma cor mais escura no degrau do que de forma monocromática, não deixa de ser extremamente criativo.

Yoga Australia, por Roy Smith

O conceito criado pelo designer Roy Smith surpreende pela naturalidade em que a forma surge.

Na posição da mulher no símbolo, é formado naturalmente o contorno da Austrália nas suas costas, fazendo com que o logo adquira uma harmonia simplesmente impressionante.

Conhece mais algum logo que utiliza o espaço negativo de forma igualmente incrível? Comente abaixo e deixe sua referência!

Escrito por Guilherme Dantas

Fundador do Designerd, empreendedor digital, apaixonado por design, marketing digital, carros, cinema, astronomia e física quântica. Arranhador profissional de violão nas horas vagas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…