in

É preciso saber perder

Quando o assunto é fracasso, é comum do ser humano ser omisso. Afinal, quem é que gosta de sair por aí contando suas histórias com um final nada feliz? Porém, apesar de ser um tabu, o fracasso pode abrir portas para novas ideias, e agregar experiência para a vítima. Como?

Seja na sua vida pessoal ou em sua jornada profissional, com certeza já perdeu ou fracassou em algum aspecto. Isso é ainda mais presente em mentes empreendedoras, que precisam inovar a todo instante. Mas o que distingue um mau perdedor do bom é justamente a capacidade de aceitar o erro e, mais importante ainda, aprender dele.

Muitos ainda encaram o erro como algo proibido, uma humilhação. Para provar isso, tente lembrar-se de quantas vezes ouviu alguém admitindo o fracasso e prometendo melhoras. Conseguiu? Agora, lembre-se de quantas vezes ouviu pessoas dando desculpas esfarrapadas ou culpando outras pessoas (ou outros fatores) pelo seu próprio erro. Fácil visualizar, não?

O fato é que muito se perde quando não encaramos o fracasso da forma correta. É preciso quebrar o tabu e mudar essa filosofia que não permite erros. Veja o caso da FailCon, nos EUA. Trata-se de uma conferência para empreendedores de tecnologia, investidores, desenvolvedores e designers contarem suas falhas e aprenderem com as falhas de outros profissionais, com intuito de se prepararem para o sucesso. Simplesmente genial. (Conheça mais sobre a FailCon.)

Sendo assim, desde que o erro não seja repetido, dê “boas-vindas” a ele quando estiver frente ao fracasso. Aceite que por mais que a vitória seja gloriosa, a derrota é uma excelente professora. Só assim poderemos alcançar mais rápido o tão sonhado sucesso.

Escrito por Guilherme Dantas

Fundador do Designerd, empreendedor digital, apaixonado por design, marketing digital, carros, cinema, astronomia e física quântica. Arranhador profissional de violão nas horas vagas.

Um Comentário

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…