in

3 dicas para o freelancer conquistar a estabilidade financeira

estabilidade-financeira-freelancer

Quem trabalha por conta pode se vangloriar por ter diversas vantagens, como maior flexibilidade de horários, a possibilidade de trabalhar no conforto do próprio lar, não ter patrão, entre outras.

No entanto, junto com os benefícios, também é preciso lidar com alguns desafios. O principal deles consiste em adquirir estabilidade financeira, uma vez que o freelancer não tem uma renda fixa, pois recebe por trabalho executado.

Sem uma organização e um planejamento muito cuidadoso das finanças, você pode fugir do orçamento e acabar endividado.

Para evitar tal situação, confira abaixo 3 dicas para garantir uma boa estabilidade financeira, mesmo tendo uma renda variável:

Registre todos seus ganhos e gastos

Justamente por receber quantias diferentes e em períodos de tempo variáveis, você precisa registrar todas as entradas e saídas de dinheiro para não se perder.

É necessário separar despesas fixas (gastos que não tem relação direta com o lucro, como materiais de escritório) das despesas variáveis (gastos que dependem da produção, como por exemplo se você trabalhar com comissão: quanto mais seu funcionário vender, mais comissão terá que pagar).

Dessa forma, você terá uma ideia real do seu orçamento, sabendo quanto precisa receber e quanto pode gastar mensalmente para não ficar no prejuízo.

Utilize um gerenciador financeiro

Existem sistemas de controle financeiro que podem te ajudar muito na organização das finanças, agilizando o registro e a análise dos dados para que você acompanhe facilmente o seu orçamento.

O ZeroPaper é um bom exemplo. Ele é ideal para o profissional freelancer e pequenos empresários, inclusive já falamos dele aqui no blog.

É um utilitário simples, gratuito e intuitivo. Você não precisa ter nenhum conhecimento avançado em finanças para poder usá-lo.

Economize

É difícil para um profissional autônomo prever quando ficará sem trabalho, por isso, é importante que você reserve uma parte dos seus ganhos. Assim, caso um dia você não receba como esperava ou apareça alguma emergência, terá um dinheiro guardado.

Economizar também é essencial para o crescimento do seu negócio, pois você precisará reinvestir no seu trabalho se quiser se destacar. Então, utilize parte do seu lucro para fazer cursos de aperfeiçoamento, comprar melhores equipamentos ou até investir em marketing.

Atingir a estabilidade financeira mesmo sem ter uma renda fixa mensal pode parecer complicado, mas as três dicas acima podem lhe ajudar a conquistar as habilidades necessárias para isso e tornar mais fácil esse objetivo.

Imagem da capa via Shutterstock

Escrito por Guilherme Dantas

Fundador do Designerd, empreendedor digital, apaixonado por design, marketing digital, carros, cinema, astronomia e física quântica. Arranhador profissional de violão nas horas vagas.